Saúde e Castração

Os Mini Coelhos não são animais frágeis como todos afirmam. Segundo estudos, o autor Marcos Infante Viera afirma que eles são resistentes e suscetíveis à doenças como um cachorro ou gato. 

Eles não tomam vacinas, nem existem vacinas para coelhos no Brasil. Também não transmitem doenças ao homem.
Relacionado a Saúde, o mais importante frisar é a Castração.

Não opte por ter um coelho se não concorda em castrá-lo, pois terá dores de cabeça. Como os cachorros, ao atingirem a adolescência (cerca de 6 meses) eles começam a produzir hormônios e oscilam de temperamento (tristeza, felicidade, apatia, animação exagerada, raiva, entre outros) ficando animais chatos de conviver pois um dia "te amam" e no outro "querem distância". Começam as demarcações de território e o cheiro da urina começa a ficar forte (cheiro de cebola), pois os hormônios são eliminados por ela. Isto ocorre tanto com machos quanto fêmeas.

Pra evitar todas essas preocupações os pais de coelhos devem castrar seus animais com 6 meses. 

"O ideal é castrar nessa idade, pois quanto mais tempo passa, mais eles se acostumam com os hormônios e acabam não mudando o temperamento ruim. Depois de castrados, eles mudam totalmente. Sem a presença de hormônios eles ficam bem tranquilos e até melhores quando filhotes. Diferente de outros animais, a castração não engorda nem os deixa apáticos.". - Helena

Outro benefício da castração é a longevidade. Hormônios estressam e envelhecem um coelho, sem castrar um coelho vive cerca de 6 anos. Castrados eles atingem facilmente 10 anos. Também previne o surgimento de tumores e gravidez psicológica.
O procedimento não deve ser realizado por qualquer veterinário. Opte por um veterinário de Exóticos, o preço de uma castração é um pouco mais alta que de um cachorro. Ela custa em média R$500,00 reais

Basicamente, este será o único custo elevado com seu coelho. A castração precisa e deve ser feita, então já se prepare que aos 6 meses o procedimento pode ser realizado.